O E-mail Marketing é um canal de comunicação e relacionamento muito útil no Marketing Digital, que permite que determinado conteúdo seja entregue de forma mais pessoal e concisa a uma pessoa. Isso porque o e-mail ainda é usado pela maioria das pessoas como um local de documentação seguro e viável. Ou seja, por mais que muita gente pense, “mas ninguém usa e-mail!” é aí que mora o engano. O e-mail, por tratar de arquivar e enviar mensagem de cunho profissional e/ou importante, continua sendo um canal importantíssimo para tratar de assuntos pertinentes divididos por interesses.

 

Por que usar essa estratégia?

 

Ofertas, newsletters, ativações, cartões comemorativos, avisos úteis e muitas outras oportunidades de conteúdos podem ser incorporados à estratégia do e-mail marketing.

 

Porque usá-lo é uma forma de falar diretamente com o seu cliente. De cair na caixa dele e ser tratado como assunto de interesse.

 

É importante lembrar que o seu e-mail pode ser uma surpresa para o usuário e ser aberto a título de primeiro conhecimento. Mas também há os e-mails que foram recebidos e estavam sendo esperados, exemplo: ações de marketing digital feitas pela sua empresa, nas quais as pessoas se cadastram para saber mais ou acompanhar as ofertas... As possibilidades são muitas e, por isso que, além de usar a estratégia, é necessário saber como fazê-lo da forma mais apropriada.

 

Como fazer?

  • Sua base é qualificada? As pessoas que irão receber o seu e-mail têm perfis que realmente se encaixam na proposta? É muito importante contar com uma base de e-mail interessada no seu conteúdo;
  • Objetividade: é necessário ser claro e objetivo. Isso não exclui estratégias de linguagem convidativas a fazerem o seu usuário continuar o contato com você, mas é importante não deixar nada confuso, pois o interesse está diretamente ligado ao quanto conseguiu ser honesto em sua proposta;
  • Ferramenta eficaz: é necessária uma ferramenta de envio muito objetiva e bem organizada, simples e intuitiva, para que os objetivos de e-mail sejam bem distribuídos e ações executadas sem se tornar uma tarefa massiva;
  • Análise do objetivo: um e-mail marketing não é uma ação solta, e nem irá concluir uma grande meta sozinho. Ele faz parte de um objetivo que precisa ser analisado e pensado sobre como está sendo conquistado. Por isso, atente-se ao “depois”, o comportamento do usuário que o recebeu para poder se comunicar da forma correta com ele e poder chegar, finalmente, ao seu objetivo comunicativo.

 

Os usuários impactados por e-mails marketing estratégicos são grandes potenciais de um fechamento de negócio qualificado, visto que seguiram uma linha de interesse pensado para especificamente o atingir.

 

Vale a pena apostar em mais esta estratégia para construir seus resultados em meio digital e obter mais lucro!

 

Agora que já sabe como funciona, conte conosco para executar esse passo em suas estratégias digitais. Fale com a gente, é rápido!